Hipnoterapia & Riqueza Financeira

16/01/2018

"É simplesmente notável a quantidade de celebridades que usam a hipnose - CEOs e chefes de empresas", diz o Dr.Steve G. Jones, um Hipnoterapeuta de Savannah, Georgia, USA, que cobra US$ 25 mil por duas horas de sessões com altos executivos, atores, diretores e produtores. É uma espécie de arma secreta para muitas pessoas muito bem-sucedidas e muito ricas.

[Revista Forbes, Using Hypnosis To Be Better At Business, Karsten Strauss, Nov,2014,] 


A pergunta é essencial. Fundamental. Importante. Se a Hipnoterapia pode ser utilizada para tanta coisa, ela também seria indicada para que as pessoas enriqueçam? E a resposta é básica: logicamente que sim.

Como fazer então? Reprogramar-se para continuar a fazer dinheiro. Sim, continuar. Afinal, você já faz dinheiro a partir da crença de que pode fazê-lo.

E agora, o mais importante: a questão não é fazer dinheiro, mas melhorar a capacidade de fazer dinheiro. E isso implica em desenvolver uma mentalidade de riqueza, em ter mais facilidades monetárias, aperfeiçoar o tino financeiro, valorizar as riquezas das quais estamos cercados, desabrochar as ideias criativas que visam entradas maiores de dinheiro, desfrutar das riquezas que se tem para ampliá-las.

Perceba que riqueza financeira é muito mais do que simplesmente dizer "vou ter dinheiro" e ter esse dinheiro. Em tese é assim que realmente funciona, mas você sabe...a tese é a porta que guarda o trabalho feito nas antíteses. E é nas antíteses que trabalhamos para apresentar a porta da tese.

Saindo das analogias e trocadilhos, deixe-me dizer a você: é possível sim utilizar a Hipnoterapia para melhorar suas finanças a fim de você reconhecer-se como uma pessoa próspera - a partir da mudança das crenças que lhe fazem continuar criando escassez.

Prosperidade financeira se trata da construção de estruturas internas e externas que visam impulso, efetividade, manutenção e desenvolvimento contínuo. É nisso que a Hipnoterapia trabalha e é por causa desses elementos que temos atualmente pessoas como Steve G.Jones (conforme matéria da Revista Forbes).   É necessário explorar seus objetivos e senso de objetividade, seus talentos, suas crenças limitantes, sua autoconfiança, o que você gosta de fazer e como reconhecerá - a fim de continuar em sua jornada rumo à prosperidade financeira - os elementos que definem seu sucesso.

Imagem: Pixabay
Imagem: Pixabay

Não se trata simplesmente de escutar um áudio que não leve em consideração suas características pessoais que, elas mesmas, lhe impedem de acelerar a condição a que você pretende chegar. 

Assim, a procura por um Hipnoterapeuta que leve em consideração todos esses elementos gerando resultados positivos, deve ser analisada. Seu sucesso começa com você, ocorre em você e termina em você. E todo bom Hipnoterapeuta sabe disso. Não à toa a maioria deles é bem sucedida. E se não é, é apenas por uma questão de descobrir que o sucesso dele é ele mesmo.  

É comum lermos/ouvirmos pessoas pilheriando diante da oportunidade de solucionar a si mesmas na questão do fazer dinheiro. É com essa postura (emocional, mental e consequentemente comportamental) que a Hipnoterapia trabalha, pois se tudo é uma questão mental, tudo é uma questão também de crenças. E essas crenças, quando expostas, denotam facilmente a postura pessoal de cada um de nós justificando a condição que espelha essas crenças. Crenças também espelham nossa percepção em relação à realidade (que nós mesmos criamos, a propósito) e que carregamos para outras áreas de nossa vida, não apenas a financeira.  

Ao trabalhar com clientes que visam mais riqueza financeira tenho me deparado com crenças que nem mesmo esses clientes consideravam ter. E a partir do momento em que trabalhamos nessas crenças, esses clientes começam a ampliar sua noção de dinheiro e atração de oportunidades antes nunca vistas. E também a partir desse alinhamento interno, promovido por esse tipo de trabalho dentro da Hipnoterapia, eles começam a reconhecer que o melhor investimento inicial não foi jogar numa loteria ou economizar centavos, mas a verem-se como os merecedores da riqueza financeira a que todos nós temos direito. Se temos direito, basta reclamar para si mesmo essa condição. E partir para a ativação do mecanismo psíquico/mental que lhe abrirá a porta...par você mesmo.