Onze coisas que pessoas emocionalmente inteligentes fazem

31/10/2019

Construir e manter a inteligência emocional é essencial para viver bem num mundo com tantos desafios pessoais e sociais como o nosso. Através da Hipnoterapia, nos centramos nesses elementos como base para equacionar questões pessoais dissolvendo conflitos, frustrações e promovendo, desse modo, o redirecionamento da personalidade para comportamentos mais saudáveis e construtivos. 

Utilizar - e não subutilizar - nossa inteligência para manter a energia pessoal em alta a fim de realizarmos nossos intentos é a cereja do bolo no que tange à festa da vida. Mais que um dom, a inteligência emocional está relacionada à capacidade de observarmos nossos talentos empregando-os para a qualidade de vida pessoal.

Pesquisas mostram que os mais aptos a fazerem frente a um cenário com tantos desafios são os mais bem sucedidos no uso da inteligência emocional em seus negócios profissionais e relacionamentos interpessoais.

São vários os elementos pertinentes a pessoas emocionalmente inteligentes. Aqui, vamos dar uma olhada em apenas onze deles:

1 - Pessoas inteligentes emocionalmente não descartam os sentimentos das outras pessoas

Ao contrário, demonstram empatia, mostram compaixão, mas não se exaurem com eles. Percebem que o sofrimento pode revelar o potencial de cada um e apoiam oferecendo sugestões e até ajuda se necessário, desde que a ajuda oferecida não lhes atrapalhem. Aqui, equilíbrio emocional é a chave.

2 - Pessoas inteligentes emocionalmente são organizadas

Habituando-se ao planejamento pessoal, estão sempre buscando novas formas de alcançar seus intentos e aproveitam melhor o tempo de que dispõem priorizando a qualidade de vida e seus próprios interesses. Não se estressam com o 'não tenho tempo'. Ao contrário, pensam no tempo de que dispõem e pensam em como aproveitá-lo produtivamente, reservando momentos para o lazer, as pesquisas, as leituras, as tarefas domésticas. E dão conta de tudo...ficam com tempo sobrando, aliás!  Por isso inclusive desfrutam de boa memória e são contentes com a própria vida. São voltadas para solução.


3 - Pessoas inteligentes emocionalmente não primam pela rotina em demasia

Criativas, entendem que são responsáveis pela qualidade da própria vida e, por isso, estão sempre inventando novas formas de ser, fazer e ter o que desejam. Inventam datas, convidam, se aproximam. E ainda que sejam organizadas, mudam horários, sugestionam formas, dão o tom ao próprio ritmo. 

4 - Pessoas inteligentes emocionalmente não fazem o papel de vítima

Sabendo que podem controlar apenas o que sentem, não culpam ninguém - sim, ninguém - por qualquer expectativa frustrada ou aprendizado malogrado. Ajustam-se, retomam o passo, ampliam o autoconhecimento de como se sentem meio a alguma sensação não desejada e substituem a emoção negativa por emoção que lhes leve a melhores cenários. De modo geral, quando percebem-se reclamando sobre algo, entendem que somente elas mesmas são responsáveis e, portanto, capazes de solucionar aquilo do qual reclamariam. E mesmo quando reclamam, o fazem de modo direto, objetivo, pois são voltadas para soluções.


5 - Pessoas inteligentes emocionalmente não permitem que os outros controlem suas emoções

Entendendo que as emoções são responsáveis em grande parte pela qualidade de vida, sabem manter atitude positiva, ignorando a rejeição sem permitir que isso mude o curso do que elas planejam para si mesmas. Conseguem ser firmes, embora educadas e gentis, para não permitir que os demais ultrapassem barreiras pessoais. Sabem diferenciar a solidariedade do abuso de intimidade e não se colocam nas mãos dos outros, pois entendem que cada um tem como responsabilidade a própria vida. 

6 - Pessoas inteligentes emocionalmente não se envolvem em conflitos

Por serem voltadas a soluções, percebem que conflitos são basicamente o cenário inicial para se chegar exatamente à solução. Assim, partem das possibilidades, não das confusões. Além disso, entendem que cada um possui a própria opinião e que a vida é feita dessa diversidade de estilos, gostos, posições. Assim, sabem se defender mantendo uma postura de integridade pessoal com seus próprios valores quando alguém se coloca em seu caminho, sem utilizar o desrespeito, difamação ou coisa que o falha. E, desse modo, mantêm a energia pessoal sempre em alta.

7 - Pessoas inteligentes emocionalmente desconhecem fofocas

Entendendo que as fofocas fazem parte da cultura em que vivemos, não perdem tempo com esse jogo perigoso. E não é que elas não falem sobre pessoas. É que, quando o fazem, buscam contextualizar o assunto a fim de usá-lo como aprendizado. É bem possível, quando isso ocorre, que, caso a pessoa sobre quem estão falando entre na sala onde a conversa está ocorrendo, que a conversa continue, sem constrangimento de nenhuma ordem. Isto é, não falam do outro aquilo que, na frente do outro, não possa ser sustentado.

8 - Pessoas inteligentes emocionalmente não evitam dizer 'não'

Por serem comprometidas com o melhor de si mesmas, elas não temem confiar na vida, ao invés de naquela pessoa a quem dizem 'não'. Elas têm coragem para expor suas condições, suas vulnerabilidades e, por isso, não temem fazer acordos e até voltar atrás se sentir que é necessário. Entendem que é melhor uma verdade revelada do que uma mentira escondida. E sabem fazer isso com humanidade. 


9 - Pessoas inteligentes emocionalmente não buscam aprovação dos demais

Por entender que vivemos numa rede de interdependência e que não há como sermos aprovados por todos, conseguem se manter mentalmente tranquilas em relação aos demais, entendendo que o que o outro pensa é só isso...o que o outro pensa.

10 - Pessoas inteligentes emocionalmente nunca desistem

Por serem organizadas, têm planos e projetos. Assim, sempre estão bem munidas de informações, realizando movimentos criativos que lhes colocam mais próximas da manifestação de seus desejos. Entendem que não há fracassados na vida, apenas desistentes. E praticam emocionalmente essa verdade intelectiva.

11 - Pessoas inteligentes emocionalmente são inspiradoras e gostam de estar com quem lhes inspiram

Tendo a noção de que a vida é feita de emoções e pensamentos, buscam cercarem-se de pessoas criativas, alegres, envolvidas em realizações. Desse modo, inclusive, ampliam sua própria maturidade emocional, pois ao estarmos cercados de pessoas afins, e por ser impossível que pessoas sejam iguais, o movimento da inteligência emocional só tendem a trazer bons resultados. Pessoas inteligentes emocionalmente sabem disso. 

E você? Quais são as características que lhe fazem reconhecer alguém - ou a si mesmo -como alguém emocionalmente inteligente? 

Fontes de apoio: Psychology Today, Revista Forbes, Week Plan

Imagens: Pxb