Xixi na cama, Enurese Infantil

12/09/2019

Referenciada como "fazer xixi na cama", a Enurese noturna é uma condição que afeta 15% das crianças por volta dos cinco anos; 7%, aos dez anos e 3%, aos 12 anos. A incidência é maior nos meninos do que nas meninas.


A enurese noturna nas crianças pode ser classificada em:

Enurese noturna primária - quando a criança com cinco anos ou mais nunca apresentou um período prolongado de controle da urina durante o sono;

Enurese noturna secundária - quando, sem causa aparente, a criança volta a fazer xixi na cama depois de ter passado seis meses, no mínimo, sem molhar a cama. Neste caso, parece estar associada a acontecimentos sociais e familiares estressantes.

[Maria Helena Varella Bruna

Como funciona a Hipnoterapia para crianças que fazem xixi na cama?

Para o tratamento de crianças através da Hipnoterapia, o estabelecimento da confiança é essencial. A idade e a maturidade da criança são condições observadas para a elaboração do roteiro hipnoterápico a ser utilizado durante o tratamento. 

A partir disso, há a promoção de momentos onde a criança conversa sobre si, sobre o que ela gosta, o que a incomoda e, desse modo, o potencial de ajuste de sua percepção fina é ampliado, de modo que ela saiba que pode controlar sua fisiologia orgânica.

O uso do lúdico

Ao longo de nossa vida, quanto mais lúdicos somos na resolução de nossos desafios, mais resultados positivos conseguimos. Assim, ao trabalhar com a criança, a utilização de seus personagens favoritos, presentes nas histórias infantis, ou nos desenhos animados que ela conhece através da televisão, por exemplo, é de grande valia na resolução da enurese. Além disso, e eis um ganho pessoal de profundo valor, quando se trabalha desse modo é possível ampliar a noção pessoal de que a criança está no controle do que pensa, sente e, consequentemente, do que faz. 

Além de promover redução de estresse, a Hipnoterapia infantil promove uma experiência de relaxamento, autoconhecimento e propicia a organização mental e criativa das crianças. 

Utilização de histórias, personagens, exercícios

A criança tem muita facilidade em trabalhar com elementos do imaginário e, por isso, é sempre útil utilizar, se possível, brinquedos com os quais ela tenha contato a fim de ajudá-la a sentir-se mais à vontade estabelecendo conexões da vida cotidiana com a questão da enurese. Se os brinquedos forem os dela, melhor ainda. 

No decorrer do tratamento hipnoterápico, o Hipnoterapeuta pode utilizar metáforas contando histórias que terminam com lições e aconselhamentos que não ficam declaradamente expressos, pois a mente da criança tira suas próprias conclusões. 


A apropriação da noção do processo

Exercícios de foco através do ensino do uso da respiração promotora de descanso também são indicados cuidando para que não se indique a hiperoxigenação. 

Desse modo, na prática da Hipnoterapia não se trabalha apenas uma questão, mas várias outras relacionadas à questão principal, muitas vezes sustentadoras da questão em causa, mas subjacentes e tão sutis que não observamos. Os efeitos são vistos conforme interagimos com a criança. E vão se ampliando conforme a criança se dá conta de seus potenciais apropriando-se do que está acontecendo conforme as sessões ocorrem. 

Quando G. chega aqui, sempre vem muito contente. Nessa semana, ele me disse: "Tia Lú, essa semana eu machuquei meu pé quando estava correndo no exercício da escola. Aí, meu amigo me ajudou a andar. E eu lembrei do que você me ensina, de que minha mente é poderosa. Então falei com minha mente e a dor passou.".

[Luciene Lima, Hipnoterapeuta]


Quanto tempo demora para ter resultados?

O tempo para se obter resultados na Hipnoterapia varia de pessoa para pessoa. O mesmo ocorre no caso das crianças. Características pessoais como distração, hiperatividade, interpretação da realidade pessoal, confiança em seu ambiente doméstico, etc., estão envolvidas nesse processo. 

Os resultados, portanto, podem variar de dois a seis meses em média e para muitas crianças, os resultados ocorrem gradualmente; isto é, se uma criança faz xixi na cama todas as noites, quando está em terapia pode começar a diminuir gradativamente fazendo apenas duas ou três noites, até que não faça mais. 

Uma vez alcançado o resultado, a criança não regride mais.